Escola de Governo

Desenvolvimento, Democracia Participativa, Direitos Humanos, Ética na Política, Valores Republicanos.

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

São Paulo - SP

E-mail Imprimir PDF

Histórico

A Escola de Governo foi criada em São Paulo, em 1991, e acredita que o desenvolvimento do país só é possível na medida em que se puder contar com governantes éticos e preparados e com cidadãos atuantes.

Os cursos da Escola de Governo dirigem-se a todos aqueles que participam direta ou indiretamente da gestão pública, isto é, os que tomam as decisões e os que as influenciam. No primeiro caso, trata-se dos governantes, de seus executivos e auxiliares, nos níveis federal, estadual e municipal; dos parlamentares; dos membros da Magistratura e do Ministério Público. No segundo caso, trata-se de dirigentes partidários e de movimentos sociais, organizações não-governamentais, lideranças empresariais, comunitárias, sindicais e estudantis, comunicadores e demais formadores de opinião.

O compromisso com o desenvolvimento nacional, a ética na política, o respeito integral aos direitos humanos e a defesa intransigente da República e da Democracia são diretrizes fundamentais na orientação da Escola de Governo.

Entidade Mantenedora e Convênios

A Escola de Governo é mantida pela Associação Brasileira de Formação de Governantes (ABFG), entidade privada sem fins lucrativos e sem quaisquer vínculos partidários ou religiosos.

A ABFG realiza convênios com instituições interessadas na criação de Escolas congêneres, as quais constituem a Rede Brasileira de Formação de Governantes. Estão em funcionamento no território nacional 10 Escolas  (desde 1992), com participação e acompanhamento da direção da Escola de Governo de São Paulo.

Fundadores

  • Celso Lafer, professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo
  • Claudineu de Melo, advogado e professor adjunto da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Eros Grau, advogado e professor
  • Fábio Konder Comparato, advogado e professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo
  • Goffredo da Silva Telles Junior, advogado e professor Emérito da Universidade de São Paulo
  • Marco Antônio Rodrigues Barbosa, advogado e ex-presidente da Comissão Justiça e Paz de São Paulo
  • Maria Victoria de Mesquita Benevides Soares, socióloga e professora titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo

Os fundadores da Escola de Governo, profundamente comprometidos com um trabalho em torno do eixo democracia, direitos humanos e desenvolvimento nacional, acreditam na possibilidade de formação de novas gerações de políticos segundo as exigências basilares da adequada capacitação técnica e da mais sólida inspiração ética, sob o impulso de um grande amor ao Brasil.

Direção

  • Claudineu de Melo. Professor adjunto da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana do Mackenzie.
  • Fábio Konder Comparato. Professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.
  • Maria Victoria de Mesquita Benevides Soares. Professora titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.
  • Eduardo Emílio Lang Di Pietro. Engenheiro Civil e Advogado.
  • Maurício Jorge Piragino. Psicólogo Clínico e Acupunturista.
  • Daniela Rodriguez de Castro. Advogada.

Conselho Pedagógico

  • Alberto Venâncio Filho
  • Alysson Leandro Barbate Mascaro
  • Benedito Domingos Mariano
  • Claudineu de Melo
  • Daniela Rodrigues de Castro
  • Eduardo Emílio Lang Di Pietro
  • Fábio Konder Comparato
  • Luiz Gonzaga Vaz de Camargo
  • Marco Aurélio de Almeida Garcia
  • Margarida Bulhões Pedreira Genevois
  • Maria Victoria de Mesquita Benevides Soares
  • Mário Pinto de Castro

Objetivo

A Escola de Governo, mantida pela Associação Brasileira de Formação de Governantes, é uma entidade educacional, sem intuitos lucrativos, destinada a formar dirigentes públicos e a atuar como centro de elaboração de projetos de organização institucional e de políticas públicas.

Deve manter, permanentemente, completa autonomia didático-científica e atuar sem quaisquer vinculações de ordem ideológica ou político-partidária.

A Escola de Governo foi criada com o objetivo de preencher uma grave lacuna em nosso sistema educacional, qual seja, a formação de pessoal habilitado a exercer as tarefas de direção política.

Não se trata de mais uma Escola de administração Pública. O administrador público tende a ser um especialista, enquanto o dirigente deve estar apto a compreender os elementos fundamentais de qualquer área de governo, competindo-lhe a responsabilidade de decidir e definir prioridades, o que pressupõe a capacidade de julgar as questões no contexto da realidade global em que se inserem.

A Escola de Governo pretende contribuir para formação daqueles que participam, direta ou indiretamente, do funcionamento do Estado, nos níveis federal, estadual e municipal. Isto é, os que tomam as decisões, mas também os que as influenciam. No primeiro caso, trata-se dos governantes e de seus principais executivos, dos parlamentares, dos juízes, dos membros do Ministério Público e dos dirigentes das forças de segurança. No segundo caso, temos dirigentes partidários e de movimentos políticos, sindicalistas e líderes empresariais, bem como os formadores de opinião - jornalistas no sentido lato, professores e intelectuais com acesso aos meios de comunicação de massa.

Trata-se de um curso complementar e condensado, oferecido a quem tenha aptidão a exercer atividades políticas, independentemente de formação universitária.

A entidade mantenedora - Associação Brasileira de Formação de Governantes, entidade privada sem fins lucrativos e sem quaisquer vínculos político-partidários ou religiosos é titular da marca nominativa "Escola de Governo" e tem realizado convênios, em todo o Brasil, com instituições interessadas na criação de Escola congênere.

Um Novo Governante

A ESCOLA DE GOVERNO foi concebida e fundada sob a idéia de que o desenvolvimento do país só é possível na medida em que se puder contar com governantes éticos e preparados. Seu objetivo é formar Homens e com a sincera convicção de que formando Homens estará formando necessariamente os políticos que o país requer; com a plena compreensão, outrossim, de que a recíproca não é verdadeira, uma vez que a formação de políticos profissionais não implica consequentemente a formação de Homens. Desta idéia fundamental podem se extrair, desde logo, as três idéias consequentes que se constituem nos pilares firmes sobre os quais a ESCOLA DE GOVERNO se sustenta.

Pilares

O primeiro deles é o desenvolvimento, entendido como crescimento econômico com justiça social.

Não há, contrariamente ao que supõe uma certa doutrina, países desenvolvidos e países subdesenvolvidos naturalmente. 0 desenvolvimento e o subdesenvol-vimento, fenômenos recentes na história do homem, não são fatalidades decorrentes do curso natural da vida em sociedade, mas produto efetivo da vontade política de cada povo. 

O segundo pilar sobre o qual se sustenta a ESCOLA DE GOVERNO é o profundo respeito aos direitos humanos consistentes na liberdade e na igualdade. A experiência recente de alguns povos demonstrou, neste particular, que a prevalência absoluta de um desses valores, sem medidas corretivas dos governantes, implica necessariamente a exclusão do outro. Um povo que privilegia a liberdade, sem preservar um mínimo de igualdade, leva à profunda concentração da riqueza, ao desequilíbrio social e à submissão do Homem; e um povo que impõe, de outro lado, a igualdade absoluta, sem levar em conta as diferenças naturais entre os seres humanos, termina por suprimir o mínimo de liberdade, necessária à realização plena da dignidade humana. Um e outro levam a injustiças profundas que devem ser combatidas, no plano do goverrno, com as vistas postas na solidariedade, que deve prevalecer na sociedade.

O terceiro pilar em que se funda a ESCOLA DE GOVERNO, finalmente, é a crença inabalável de que a conduta do governante somente se legitima com o respeito aos vlores éticos predominantes.
Rejeita-se um certo entendimento de que um estadista,para realizar as grandes transformações políticas, não pode ficar adstrito à observância de valores éticos, quando estes se constituem num obstáculo à tomada da decisão política; pois em nenhuma circunstância os fins almejados justificam os meios empregados.

Um estadista pode e deve ser ético na sua conduta política, na exata medida em que a ética deve ser um valor preeminente no espírito do governante.

É, pois, neste contexto, que o IPESG- INSTITUTO DE PESQUISAS E ESTUDOS DE GOVERNO, associação dos alunos e ex-alunos da Escola de Governo e foi criado por iniciativa dos alunos da primeira turma de São Paulo formados em 1992, se insere.
Por outro lado, não há falar em desenvolvimento sem ter presente a observância dos valores democráticos, especialmente o respeito à vontade soberana da maioria, seja nos sufrágios eleitorais ordinários, seja nas grandes decisões plebiscitárias e referendárias. A vontade soberana não é, todavia, ilimitada; seu limite são os direitos fundamentais da pessoa humana. Estes se constituem, na perspectiva ética do desenvolvimento, na barreira da prudência que a maioria soberana não pode ultrapassar.

Este portal será o veículo permanente das idéias que certamente florescerão e se desenvolverão nas ESCOLAS DE GOVERNO e nos IPESGs de todo Brasil.

Entrevistados

  • Adib Jatene - Ministro da Saúde
  • Alberto Goldman - Deputado Estadual e Federal
  • Almino Affonso - Deputado Federal, Ministro do Trabalho, Vice-Governador do Estado de SP
  • Aloisio Mercadante Oliva - Deputado Federal
  • Aloysio Biondi - Jornalista (in memoriam)
  • Aloysio Nunes Ferreira Filho - Deputado Federal, Ministro da Justiça, Vice-Governador do Estado de SP
  • André Franco Montoro - Dep. Federal, Senador, Ministro, Governador do Estado de SP (in memoriam)
  • Anthony Garotinho
  • Antonio Angarita Silva - Secretário de Governo do Estado de São Paulo
  • Antonio Pallocci - Prefeito de Ribeirão Preto/SP
  • Carla Márcia Parisi Checchia - Assessora da Assessoria Especial do Presidente da República
  • Carlos Eduardo Moreira Ferreira - Deputado Federal, Presidente da FIESP
  • Carlos Neder - Vereador
  • Cassio Taniguchi - Prefeito de Curitiba/PR
  • Celso Pinto - Jornalista, editor do jornal Valor Economico
  • Ciro Gomes - Deputado Estadual, Ministro da Fazenda, Governador do Ceará
  • Claudio Lembo - Secretario Municipal de Governo/SP
  • Clóvis Rossi - Jornalista, articulista da Folha de São Paulo
  • Dalva Ivete de Jesus - Freira, coordenadora da Organização de Auxílio Fraterno
  • Darcy Ribeiro - Senador (in memoriam)
  • Demétrio Bueno Carvalho - Assessor do Assessor Chefe da Assessoria Especial da Presidência da República
  • Edinho Araujo - Deputado Estadual
  • Edna Maria Santos Roland - Ex-presidente da Fala Preta – Organização de Mulheres Negra, Coordenadora da área de discriminação racial da UNESCO
  • Eduardo Matarazzo Suplicy - Vereador, Deputados Estadual e Federal, Senador
  • Eduardo Muylaert - Secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado de SP
  • Emerson Kapaz - Dep. Federal, Secretário de Ciencia e Tecnologia do Estado de SP
  • Esperidião Amim - Deputado Federal, Senador, Governador do Estado de Santa Catarina
  • Fabio Feldman - Deputado Federal, Secretário de Meio-Ambiente do Estado de São Paulo
  • Félix Sahão Júnior - Prefeito de Catanduva/SP
  • Fernando Moraes - Secretário da Educação e Cultura do Estado de SP
  • Fernando Rodrigues - Jornalista, colunista da Folha de São Paulo
  • Francisco Witaker - Vereador, Secretário da Comissão Brasileira de Justiça e Paz/CNBB
  • Georges Bourdoukain - Jornalista
  • Hélio Pereira Bicudo - Vice-prefeito do Município de São Paulo
  • Itamar Franco - Senador, Vice-Presidente e Presidente da República, Governador do Estado de MG
  • Jackson Lago - Deputado Federal, Prefeito de São Luiz/MA
  • Jacques Marcovitch - Reitor da USP
  • Jair Meneghelli - Deputado Federal, Presidente da CUT
  • João Carlos Gonçalves - Secretário Geral da Força Sindical
  • João Felício - Presidente da CUT
  • João Pedro Stédile - Dirigente do MST
  • Jorge Konder Bornhausen - Senador, Governador do Estado de Santa Catarina, Presidente do PFL
  • José Carlos Miranda - Chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
  • José Dirceu - Deputado Federal - Presidente do PT
  • José Eduardo Martins Cardoso - Vereador, Presidente da Camara Municipal/SP
  • José Genoino Neto - Deputado Federal
  • José Gregori - Deputado Estadual, Ministro da Justiça
  • José Pimentel - Deputado Federal
  • José Serra - Dep. Federal, Senador, Sec. de Planejamento do Estado de SP, Min. de Planejamento e Saude
  • Lucio Alcantara - Vice-Governador de Estado do Ceara
  • Luis Alfredo Salomão - Deputado Federal, Líder Bancada PDT
  • Luis Inácio Lula da Silva - Deputado Federal, Presidente de honra do PT, Presidente da República
  • Luiz Antonio Guimarães Marrey - Procurador Geral de Justiça do Estado de São Paulo
  • Luiz Paulo Vellozo Lucas - Prefeito de Vitória/ES
  • Luiza Erundina de Souza - Deputada Estadual e Federal, Ministra da Administração, Prefeita de SP
  • Mailson Ferreira da Nóbrega - Ministro da Fazenda
  • Marcel Fortunato Biato - Assessor da Assessoria Especial do Presidente da República, Conselheiro da carreira de diplomata do Ministério das Relações Exteriores
  • Marco Maciel - Senador, Vice-Presidente da República
  • Marcos Cintra - Vereador, Deputado Federal, Scretario Municipal de Planejamento/SP
  • Mario Bernardini - Empresário, dirigente da FIESP/CIESP
  • Mario César Flores - Ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos
  • Mario Covas - Dep. Federal, Senador, Prefeito do Municipio/SP, Governador do Estado (in memoriam)
  • Maurício Soares - Ex-Prefeito de São Bernardo do Campo
  • Mauro Bragato - Deputado Federal
  • Milton Santos - Geógrafo, Professor Emérito da USP (in memoriam)
  • Nabil Bonduki - Vereador da Câmara Municipal do Município de Sâo Paulo
  • Nelson Jobim - Deputado Federal, Ministro do STF
  • Paulo Renato de Souza - Secretario Estadual da Educação/SP, Ministro da Educação
  • Roberto Mangabeira Unger - Professor da Universidade de Harvard
  • Roberto Teixeira da Costa - Empresário e Membro do Conselho Superior de Comércio Exterior da FIESP
  • Rubens Ricupero - Embaixador, Ministro da Fazenda, Secretário Geral da UNCTAD
  • Samuel Pinheiro Guimarães - Embaixador
  • Sérgio Haddad - Presidente da ABONG - Associação Brasileira das Organizações Não-Governamentais
  • Tarso Genro - Deputado Federal - Prefeito de Porto Alegre/RS
  • Telma de Souza - Vereadora, Deputada Federal, Prefeita de Santos/SP
  • Vicente Paulo da Silva - Presidente da CUT, Deputado Federal

Professores

  • Adriano Murgel Branco
  • Adroaldo Moura da Silva
  • Afonso Celso Pastore
  • Alberto Amaral Junior
  • Alberto Teixeira
  • Aldaiza Spozati
  • Aloisio Biondi
  • Álvaro Zini Jr
  • Amélia Cohn
  • Amir Antonio Khair
  • Ana Claudia Teixeira
  • André Cézar Médici
  • André Franco Montoro Filho
  • André Singer
  • Andrei Koerner
  • Antonio Augusto Mello de Camargo Ferraz
  • Antonio de Pádua Prado Jr.
  • Antonio Herman Benjamim
  • Aspásia Camargo
  • Aziz Ab'Saber
  • Benedito Domingos Mariano
  • Bernardo Kucinski
  • Bolivar Lamounier
  • Brasílio Sallum Jr.
  • Bruno Konder Comparato
  • Caio Navarro de Toledo
  • Candido Malta Campos Filho
  • Carla Márcia Parisi checchia
  • Carlos Alberto Longo
  • Carlos Alberto Novaes
  • Carlos Antonio Luque
  • Carlos Augusto Monteiro
  • Carlos Henrique de Brito Cruz
  • Carlos Roberto Jamil Cury
  • Carmen Sylvia Vidigal de Moraes
  • Celso Lafer
  • Celso Luiz Martone
  • Clara Ant
  • Cláudia Maria Costin
  • Claudineu de Melo
  • Claudio Salm
  • Clóvis Rossi
  • Dalmo Dallari
  • Darcy Passos
  • David Santos Ofm, Frei
  • Denis Misne
  • Edmundo Koelle
  • Edna Maria Santos Roland
  • Eduardo Gianetti da Fonseca
  • Eduardo Kugelmas
  • Edvaldo Pereira Brito
  • Eros Grau
  • Eugenio Bucci
  • Eunice Durham
  • Fabio Erber
  • Fábio Konder Comparato
  • Fátima Pacheco Jordão
  • Fernando Haddad
  • Fernando Sarti
  • Flávia Piovesan
  • Flavio Frassetto
  • Gelson Fonseca Jr.
  • Gesner de Oliveira Filho
  • Gilberto Bercovici
  • Gilberto Guerzoni Filho
  • Gilson Schwartz
  • Guilherme Leite da Silva Dias
  • Gustavo Venturi
  • Hélio Nogueira da Cruz
  • Hélio Zylbertajn
  • Iara Glória Areais Prado
  • Ildo Luis Sauer
  • Jacó Anderle (in memoriam)
  • Jair Borin (in memoriam)
  • Jair Cesário da Silva
  • Janio de Freitas
  • João Luis Homem de Carvalho
  • João Manoel Cardoso de Mello
  • João Paulo de Almeida Magalhães
  • João Sayad
  • João Zanetic
  • Jorge Mattoso
  • Jorge Tadeu De Chiara
  • José Afonso da Silva
  • José Américo Motta Pessanha
  • José Carlos Dias
  • José Juliano de Carvalho Filho
  • José Márcio Camargo
  • José Mário Pires Azanha (in memoriam)
  • José Paulo Chahad
  • José Roberto Franco da Fonseca
  • José Roberto Natalini
  • José Teófilo de Oliveira
  • Ladislau Dowbor
  • Leda Maria Paulani
  • Lisete Arelaro
  • Luciano Coutinho
  • Luciano Fedozzi
  • Luis Antonio Barroso
  • Luis Antonio Nusdeo
  • Luis Carlos Bresser Pereira
  • Luis Weis
  • Luiz Arthur Ribeiro Briones
  • Luiz Gonzaga Belluzzo
  • Luiz Olavo Baptista
  • Luiza Cristina Fonseca Frischeisen
  • Marcio Pochman
  • Marco Antonio Sandoval Vasconcellos
  • Marco Aurélio Garcia
  • Marco Aurélio Nogueira
  • Marcos Antonio Oliveira Fernandes
  • Margarida Costa Batista
  • Maria Cristina Cacciamalli
  • Maria do Carmo Brandt de Carvalho
  • Maria Helena Capelato
  • Maria Inez Fornazaro
  • Maria Paula Dallari Bucci
  • Maria Sylvia Zanella Di Pietro
  • Maria Tereza Sadek
  • Maria Victoria de Mesquita Benevides
  • Marilena Chaui
  • Marilena Lazzarini
  • Mario Luis Bonsaglia
  • Maurício Henrique Guimarães Ferreira
  • Milton Santos (in memoriam)
  • Nabil Bonduki
  • Nacim Walter Chieco
  • Neide Patarra
  • Oscar Vilhena Vieira
  • Otaviano Augusto Marcondes Helene
  • Paul Singer
  • Paulo Eduardo Mangeon Elias
  • Paulo Eduardo Nunes de Moura Rocha
  • Paulo Haddad
  • Paulo Nogueira Batista Jr.
  • Paulo Vannuchi
  • Pedro Pontual
  • Plínio de Arruda Sampaio
  • Raquel Rolnik
  • Raquel Volpato Serbino
  • Raul Antonio Del Fiol
  • Raul Veloso
  • Reginaldo Prandi
  • Reinaldo Gonçalves
  • Renato Janine Ribeiro
  • Ricardo Abramovay
  • Ricardo Luiz Chagas Amorim
  • Roberto Gianetti da Fonseca
  • Roberto Vermulm
  • Rogério Belda
  • Rogério Werneck
  • Rosa Maria Marques
  • Ruber David Kreile
  • Rudá Ricci
  • Silvia Maria Schor
  • Simão Davi Silber
  • Sônia Draibe
  • Sonia Maria Portella Kruppa
  • Victor Márcio Konder
  • Vidal Serrano Junior
  • Wilson Cano
  • Wilson Suziga
 

ENTRE EM CONTATO COM A ESCOLA!

Telefones: (11)3256-6338 / (11)3257-9618

E-mail: secretaria@escoladegoverno.org.br

ENDEREÇO:

Edifício da Ação Educativa - Rua General Jardim, 660 (sala 72), Vila Buarque, São Paulo (SP)

Veja no mapa


Importante

Sugestões para o Site
Compartilhe suas sugestões para melhorarmos o site da Escola de Governo.

Campanhas