Escola de Governo

Desenvolvimento, Democracia Participativa, Direitos Humanos, Ética na Política, Valores Republicanos.

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Escola de Governo / Quem Somos

Quem Somos

E-mail Imprimir PDF
Índice do Artigo
Quem Somos
Missão
Princípios
O Método Ver-Julgar-Agir
Entidade Mantenedora e Convênios
Fundadores
Idealizador e Breve Histórico da EG
Associados(as)
Conselho Deliberativo
Conselho Fiscal
Colaboradores(as)
Portfólio
Todas Páginas

A Escola de Governo foi criada em São Paulo, em 1991, e acredita que o desenvolvimento do país só é possível na medida em que se puder contar com governantes éticos e preparados e com cidadãos atuantes.

Os cursos da Escola de Governo dirigem-se a todos aqueles que participam direta ou indiretamente da gestão pública, isto é, os que tomam as decisões e os que as influenciam. No primeiro caso, trata-se dos governantes, de seus executivos e auxiliares, nos níveis federal, estadual e municipal; dos parlamentares; dos membros da Magistratura e do Ministério Público. No segundo caso, trata-se de dirigentes partidários e de movimentos sociais, organizações não-governamentais, lideranças empresariais, comunitárias, sindicais e estudantis, comunicadores e demais formadores de opinião.

O compromisso com o desenvolvimento nacional, a ética na política, o respeito integral aos direitos humanos e a defesa intransigente da República e da Democracia são diretrizes fundamentais na orientação da Escola de Governo.


Missão

Atuar politicamente para a transformação da sociedade brasileira, na defesa e promoção dos direitos humanos, dos valores republicanos e democráticos, da ética e do desenvolvimento nacional.


Princípios

  1. Desenvolvimento;
  2. Democracia Participativa;
  3. Direitos Humanos;
  4. Ética na Política;
  5. Valores Republicanos.

O Método Ver-Julgar-Agir

A Escola de Governo defende o método ver-julgar-agir:

  1. Ver:
    • Entrar em contato pessoal com a realidade e ouvir a comunidade;
    • Holismo: ver o todo e não apenas as partes;
    • Enxergar a longo prazo: ver é prever;
  2. Julgar:
    • Analisar as causas, sempre múltiplas, de cada problema, em função da organização geral da sociedade;
  3. Agir
    • A ação política deve obedecer a um planejamento estratégico, com a fixação de objetivos a serem atingidos num tempo determinado e a organização de meios, pessoais e materiais, para a sua consecução;
    • A execução do plano deve ser submetida a controles permanente, para se evitarem abusos e ineficiências.

Entidade Mantenedora e Convênios

A Escola de Governo é mantida pela Associação Instituto de Política e Formação Cidadã (IPFC), antiga Associação Brasileira de Formação de Governantes, entidade privada sem fins lucrativos e sem quaisquer vínculos partidários ou religiosos.

É uma organização civil sem fins lucrativos, que tem por missão atuar politicamente para a transformação da sociedade brasileira, na defesa e promoção dos direitos humanos, dos valores republicanos, da democracia participativa e do desenvolvimento nacional, tendo a ética como valor fundamental para o alcance desses objetivos.

A Escola de Governo é conveniada com a Universidade de São Paulo, mantendo sua sede no Centro Universitário Maria Antonia.

O IPFC tem como missão manter e ampliar as atividades da Escola de Governo, por meio da realização de cursos pagos e gratuitos de iniciativa própria ou em parceria com outras instituições. Está habilitada a celebrar convênios com instituições interessadas na criação de Escolas congêneres, no âmbito da Rede Brasileira de Formação de Governantes. Desde 1992 há escolas conveniadas em atividade no território nacional.


Fundadores

  • Celso Lafer, professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e ex-ministro das Relações Exteriores do Brasil.
  • Claudineu de Melo, advogado e professor adjunto da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie.
  • Eros Grau, advogado, professor e Ministro do Supremo Tribunal Federal do Brasil.
  • Fábio Konder Comparato, advogado, Professor emérito da Universidade de São Paulo e Professor Honoris Causa da Universidade de Coimbra (Portugal).
  • Goffredo da Silva Telles Junior, advogado e professor Emérito da Universidade de São Paulo.
  • Luiz Carlos Bachega Ortolan.
  • Marco Antônio Rodrigues Barbosa, advogado e ex-presidente da Comissão Justiça e Paz de São Paulo.
  • Maria Victoria de Mesquita Benevides Soares, socióloga e professora titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

Idealizador e Breve Histórico da EG

A Escola de Governo foi fundada em 1992 por Fábio Konder Comparato, Maria Victoria Benevides, Claudineu de Melo e Luiz Carlos Bachega Ortolan que firmaram o compromisso que permitiu seu funcionamento durante estes últimos 20 anos.

O professor Fábio Konder Comparato foi o grande idealizador da Escola de Governo. Após a sociedade brasileira ter um presidente retirado do poder por um processo de impeachment, no início dos anos 90, o professor Comparato conseguiu por em pratica o projeto há tempos idealizado de contribuir para o aprofundamento das mudanças no Brasil, por meio da transformação do modus operandi das formas de atuação dos governantes. Idealizou uma metodologia de formação que ia além da formação em administração pública buscando formar politicamente os futuros governantes nos preceitos da Ética, Democracia, República e Estado de Direito, só alcançáveis com a participação social do povo, que é quem detém a soberania do poder político.

Nos últimos anos teve também na sua direção os ex-alunos Eduardo di Pietro, Maurício Jorge Piragino (Xixo) e Daniela Rodriguez de Castro.

A partir de 1º de dezembro de 2011, após a comemoração de seus 20 anos, os fundadores saíram da gestão cotidiana da EG, após um processo de transição que possibilitou a um grupo de ex-alunos assumirem essa tarefa, possibilitando a continuidade desta fundamental instituição.

Atualmente os ex-diretores fundadores além de professores dos cursos, são especiais conselheiros deste novo momento da Escola de Governo.

Mantendo a tradição, a Escola de Governo se mantém aberta à participação de seus ex-alunos pois entende que a ação política sempre é coletiva.


Associados(as)

  • Adele Lamm
  • Arnaldo Marcolino
  • Isabel Cristina Rodrigues
  • Maurício (Xixo) Jorge Piragino (Diretor Presidente)
  • Pedro Aguerre (Diretor Secretário)
  • Tomás Cortez Wissenbach
  • Victor Vicente Barau

Conselho Deliberativo

  • Américo Sampaio
  • Aline Freitas
  • Maurício (Xixo) Jorge Piragino (Diretor Presidente)
  • Pedro Aguerre (Diretor Secretário)
  • Roberta Navas Battistella

Conselho Fiscal

  • Victor Vicente Barau
  • Arnaldo Marcolino

Colaboradores(as)

  • Aline Freitas
  • Américo Sampaio
  • Ariela Bank Setti
  • Beatriz Barbosa
  • Bruno Konder Comparato
  • Daniela Rodriguez Castro
  • Gisela Massiutti de Oliveira
  • Juan Saeta
  • Marcelo Novo
  • Marilia Barbour
  • Rachel Arazzi
  • Rogério Grof
  • Simone Hipolito
  • Sócrates Magno Torres

Anexos:
ArquivoTamanho do arquivo
Fazer download deste arquivo (Portfólio - Escola de Governo.pdf)Portfólio - Escola de Governo.pdf680 Kb
 

Importante

Sugestões para o Site
Compartilhe suas sugestões para melhorarmos o site da Escola de Governo.

Campanhas